O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
O homem e o meio ambiente: como a natureza evoluiria sem nós?
Tamanho da letra

Existem várias teorias em desenvolvimento sobre o que poderia levar os humanos a serem extintos, mesmo que seja improvável que, de repente, o humano desaparecera da face da Terra.

A relação entre o homem e o meio ambiente ficaria mais aparente.

No entanto, se imaginarmos o desaparecimento súbito dos humanos, poderíamos explorar como a Terra ficaria sem a vida humana.

O escritor e jornalista Alan Weisman entrevistou, durante anos, diversos especialistas para escrever seu livro chamado O Mundo Sem Nós“.

A pergunta primordial foi: o que aconteceria ao nosso planeta – e cidades, indústrias, natureza – se os humanos fossem extintos?

Na pesquisa de Weisman, a primeira modificação imediata e drástica aconteceria nas cidades, por causa da repentina falta de manutenção humana.

Sem pessoas para operar bombas que desviam as chuvas e o aumento da água subterrânea, os metrôs de grandes cidades como Londres e Nova York inundariam completamente.

E em poucas horas.

Assim também, sem supervisão humana, falhas em refinarias de petróleo e usinas nucleares não seriam controladas.

Provavelmente, isso resultaria em incêndios massivos, explosões nucleares e precipitação nuclear devastadora.

Sob o mesmo ponto de vista, deixaríamos para trás montanhas de resíduos.

Todo o lixo que jogamos, incluindo plásticos, provavelmente persistiria até milhares de anos depois da extinção humana.

Isso teria efeitos na vida selvagem que só agora começamos a entender.

Ação do homem e suas consequências

Enquanto humanos extintos, os estragos no solo ainda perdurariam por muitos anos.

Por exemplo, resíduos de petróleo que se derramam e infiltram no solo de locais industriais e fábricas seriam decompostos e reutilizados por micróbios e plantas, o que provavelmente levaria décadas.

Da mesma forma, Weisman diz que a liberação de todos esses resíduos poluentes que deixamos para trás, sem dúvida, teria efeitos prejudiciais nos habitats e na vida selvagem ao redor.

Paisagem natural

Olhando para além dos limites da cidade, nas grandes áreas agrícolas haveria uma rápida recuperação dos insetos, à medida que a aplicação de pesticidas e outros produtos químicos cessaria com a morte da humanidade.

Segundo Weisman, isso também desencadearia uma verdadeira cascata de eventos.

Os habitats em volta – comunidades de plantas, solos, cursos de água e oceanos – iriam se recuperar, livres da influência de longo alcance que os produtos químicos têm nos ecossistemas hoje.

Isso, por sua vez, incentivaria mais animais selvagens a se mudarem e estabelecerem residência.

Portanto, essa transição faria a precipitação do aumento da biodiversidade em escala global.

O mundo era rico em espécies, mas isso mudou quando os humanos começaram a se espalhar pelo planeta, caçando animais e invadindo seus habitats.

A verdade é que, mesmo que desapareçamos repentinamente de cena, ainda levaria milhões de anos para o planeta se recuperar dessas extinções passadas.

Também não podemos ignorar os efeitos das mudanças climáticas, possivelmente o pior impacto da humanidade no planeta.

Definitivamente, visualizar o mundo sem nós pode nos levar a ser mais cuidadosos com as nossas ações hoje.

Fonte: Socientifica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 

 

 

   
       
 
28/08/2020 - A cidade de Sidney, na Austrália, agora é alimentada com energia 100% renovável
28/08/2020 -  Forças Armadas regulamentam uso e manejo de animais silvestres do Exército
28/08/2020 - Dicas Sobre Regularização de Poços Artesianos
28/08/2020 - Brasil tem primeira linha de produtos carne carbono neutro
28/08/2020 -  A importância dos móveis sustentáveis para o meio ambiente
28/08/2020 - Destruição do meio ambiente pode desencadear novas pandemias
26/08/2020 - Do Lixo ao Luxo, conheça o projeto da jovem de Atibaia que troca bitucas de cigarro por cortes de cabelos e outros serviços
23/08/2020 - Veículos elétricos estão no centro do plano de recuperação da indústria automotiva da França pós-pandemia
23/08/2020 - O homem e o meio ambiente: como a natureza evoluiria sem nós?

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados