O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
Budweiser vai construir parque eólico na Bahia
Tamanho da letra

A cerveja Budweiser será 100% produzida e distribuída com energia limpa no Brasil até 2022.

A cerveja Budweiser terá toda sua produção e distribuição no Brasil feita 100% com energia limpa até 2022.

A boa notícia vem com os ventos da Bahia, onde Bud vai construir um parque eólico com aproximadamente 1.600 hectares e potência superior a 80 MW.

A previsão é que ele fique pronto no início de 2022 e abasteça 100% das cinco cervejarias que produzem Budweiser no país.

Com essa iniciativa, no total, 20 mil toneladas de dióxido de carbono (CO2) deixarão de ser emitidas a cada ano.

Para se ter uma dimensão do que representa essa quantidade, ela equivale à retirada de circulação de 35 mil carros das ruas no mesmo período.

O anúncio do projeto do parque eólico, que será construído em parceria com a Casaforte Investimentos, é uma iniciativa da Cervejaria Ambev para atingir seus compromissos relacionado a ações climáticas.

“O parque eólico é mais um passo da Cervejaria Ambev rumo à uma operação abastecida 100% com energia limpa e esperamos que isso motive outras empresas e marcas a se engajarem”, comenta Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de  Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev.

Metas para 2025

Em 2018, a companhia se comprometeu a comprar 100% da eletricidade das suas operações a partir de fontes renováveis, além de reduzir 25% das emissões de carbono em toda a cadeia de valor, ambos até 2025.

Para isso, a cervejaria vem realizando iniciativas para diversificar sua matriz energética.

Entre elas, está a parceria com a Volkswagem Caminhões & Ônibus para o primeiro caminhão 100% elétrico da América Latina, com zero emissão de CO2, NOX e microparticulados.

Outro anúncio recente foi a construção de 31 usinas solares no país, com capacidade para abastecer todos os 94 centros de distribuição direta da companhia.

Fonte: CicloVivo

   
       
 
05/12/2019 - Em audiência, Célio Studart defende fim da matança de jumentos para consumo
05/12/2019 - Número de onça-pintadas volta a crescer na mata atlântica; diz censo
05/12/2019 - *O papel econômico e ambiental do sucateiro
05/12/2019 - Semicondutores degradáveis e que esticam para aplicações de saúde e meio ambiente
05/12/2019 - Uber do entulho' ajuda no descarte adequado de resíduos
03/12/2019 - Filme biodegradável feito com fécula do cará pode reduzir uso de plástico na Amazônia
03/12/2019 - 300 milhões de pessoas ameaçadas por alta dos oceanos: “evolução do clima é irremediável”
03/12/2019 - Energia solar cresceu mais entre empresas no Brasil em 2019
03/12/2019 - A força feminina na defesa do meio ambiente

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados