O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
Servida de veneno! 31 novos agrotóxicos acabam de ser liberados
Tamanho da letra

Mais veneno na nossa mesa!

A farra dos agrotóxicos, iniciada este ano, parece mesmo estar longe do fim.

Não bastassem as liberações já feitas pelo governo federal durante esses cinco meses de 2019, no último dia (21), o Diário Oficial da União, na Seção 1, Página 12, publicou mais uma lista com trinta e uma novas autorizações de agrotóxicos para serem comercializados e usados no país.

Extremamente tóxicos

Desses 31 produtos, oito deles são classificados como “extremamente tóxicos”, cinco como “altamente tóxicos”, treze como “medianamente tóxicos” e cinco como “pouco tóxicos”.

Vinte e nove deles são matérias-primas utilizadas em produtos formulados, aqueles que chegam para o produtor rural.

Este ano, mais de 150 agrotóxicos já foram liberados.

Em 2018 foram 106 e, em 2017, 74.

Essa corrida para a liberação de agrotóxicos no Brasil tem levado o governo de Jair Bolsonaro a receber inúmeras críticas, bem como a ministra responsável pelas liberações, Tereza Cristina, que fora deputada federal representante da chamada bancada do agronegócio.

Foi ela a presidente da comissão especial que analisou o Projeto de Lei 6299/02, conhecido como o PL do Veneno.

Um dos argumentos da ministra para liberar tantos agrotóxicos no Brasil é que os órgãos responsáveis devem adotar procedimentos céleres para desburocratizar a análise.

Entretanto, uma das razões para que haja essa burocracia é justamente a avaliação de riscos para a saúde humana e o meio ambiente, tanto que são necessários pareceres de órgãos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) para a autorizar a liberação.

O site do Congresso em Foco, que noticiou essas novas liberações, também disponibilizou a lista dos 31 produtos autorizados.

Confira-a AQUI.

Fonte:greenme.com.br

   
       
 
05/12/2019 - Em audiência, Célio Studart defende fim da matança de jumentos para consumo
05/12/2019 - Número de onça-pintadas volta a crescer na mata atlântica; diz censo
05/12/2019 - *O papel econômico e ambiental do sucateiro
05/12/2019 - Prefeitura contrata consultoria para trazer cemitérios ao século XXI
05/12/2019 - Semicondutores degradáveis e que esticam para aplicações de saúde e meio ambiente
05/12/2019 - Uber do entulho' ajuda no descarte adequado de resíduos
03/12/2019 - Filme biodegradável feito com fécula do cará pode reduzir uso de plástico na Amazônia
03/12/2019 - 300 milhões de pessoas ameaçadas por alta dos oceanos: “evolução do clima é irremediável”
03/12/2019 - Energia solar cresceu mais entre empresas no Brasil em 2019

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados