O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
Suíços adotam lojas de lixo zero
Tamanho da letra


A loja LOLA faz as suas próprias cervejas orgânicas usando garrafas reutilizáveis

As chamadas lojas de lixo-zero estão surgindo em toda a Suíça, à medida que a demanda do consumidor por mais produtos orgânicos e menos embalagens de plástico vem crescendo.

SWI swissinfo.ch visitou uma loja de lixo zero em Berna.

Todos os anos, o suíço médio gera mais de 700 quilos de lixoLink externo - uma das taxas mais altas do mundo, segundo a Agência Ambiental Europeia e a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Muito disso é desperdício de alimentos: 2,5 milhões de toneladas por ano, de acordo com o relatório ambiental do governo de 2018.

E depois há todo o plástico: refeições prontas e embalagens descartáveis para fast food contribuem para a montanha de desperdício e exacerbam o problema do lixo.

Comprar só o estritamente necessário

"Lixo zero" não é apenas sobre o uso de plástico, mas principalmente sobre não desperdiçar recursos em primeiro lugar.

A ZeroWaste Switzerland AssociationLink externo, fundada em 2015, quer mudar os hábitos dos consumidores e está lutando por uma legislação que reduza a produção de lixo na Suíça.

O grupo produziu este mapa interativoLink externo de empresas em todo o país que compartilham sua filosofia: lojas, restaurantes, lojas a granel, sistemas de depósito, lojas de segunda mão e serviços de reparo.

As lojas oferecem produtos orgânicos que são adquiridos localmente quando possível, muitas vezes vendidos em embalagens reutilizáveis. SWI swissinfo.ch visitou uma dessas lojas na capital, Berna.

A loja "LOLALink externo" é administrada pela associação ContactLink externo para ajuda de dependência de pacientes ambulatoriais no cantão de Berna.

A loja orgânica começou a oferecer produtos a granel (evitando o uso de plástico) em 2017.

Claudio C. é um cliente regular.

Perguntamos a ele qual era o maior desafio ao adotar o estilo de vida com desperdício zero.

"O maior desafio é pensar apenas em comprar o que você precisa e não mais", explicou.

Também falamos com o gerente da loja, Daniel König, sobre como tudo funciona:

Embalagens de supermercados

König está convencido de que a popularidade do lixo zero pressiona as principais redes de supermercados a se tornarem mais verdes.

"No Coop, agora você vê produtos embalados em papel e lacrados com elásticos. Eles estão trabalhando para otimizar processos para reduzir a quantidade de lixo causada pela embalagem", diz.

"Você também encontra nozes a granel nos grandes supermercados - você pega o que precisa".

Brigitte Jungblut, porta-voz da CoopLink externo, diz: "Desde 2012, reduzimos ou otimizamos ecologicamente mais de 19.000 toneladas de material de embalagem. Reduziremos ou otimizaremos mais 8.000 toneladas até 2020".

Em seu site, o rival da Coop, MigrosLink externo, explica que os suprimentos agora vêm em embalagens reutilizáveis, em vez de caixas de papelão. Mas para a Migros, o plástico ainda desempenha um papel importante.

"A deterioração prematura dos produtos tem um impacto muito maior na pegada ambiental do que a embalagem", diz.

Para assistir o video acesse: https://www.swissinfo.ch/por/desperd%C3%ADcio_su%C3%AD%C3%A7os-adotam-lojas-de-lixo-zero/44928698


Fonte: Fernando Hirschy /
SWI swissinfo.ch

 

 

 

 

   
       
 
19/10/2019 - Fontes de energia renovável superam os combustíveis fósseis pela primeira vez
19/10/2019 - Servidores públicos de Brasília utilizarão frota de carros movidos à eletricidade
18/10/2019 - Meio Ambiente aprova 50% de papel reciclado em repartições federais
18/10/2019 - Lixo no Japão: país dá exemplo no tratamento de lixo e cuidado com o meio ambiente
18/10/2019 - Áreas verdes em condomínios horizontais contribuem para preservação do cerrado
18/10/2019 - Florestas plantadas geram estoque de 4,2 bi de toneladas de gás carbônico em 2018
17/10/2019 - Sem estratégias de conservação, araucária deve ser extinta em 2070, diz estudo
17/10/2019 - Pesquisadores criam material capaz de retardar alastramento do fogo
17/10/2019 - Florianópolis é primeira cidade brasileira a banir agrotóxicos de suas lavouras por lei

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados