O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
Cuiabá:Estado lança edital para contratar 50 analistas ambientais
Tamanho da letra


Remunerao mensal do Analista de Meio Ambiente de R$ 7.003,16

Objetivo é dar agilidade às análises dos pedidos de Cadastros Ambientais Rurais

O Governo do Estado lançou edital de processo seletivo simplificado para contratação temporária de 50 analistas de Meio Ambiente e formação de cadastro de reserva.

O objetivo da contratação é dar agilidade às análises dos pedidos de Cadastros Ambientais Rurais (CARs).

"Queremos garantir que haja total transparência na condução do exame seletivo e que não haja nenhuma subjetividade na seleção dos profissionais que analisarão e validarão os CARs em MT. A prioridade é que sejam contratados pessoas altamente qualificadas na interpretação de imagens de satélite e que saibam operar os sistemas de informações geográficas que são utilizados, em especial, no software do ArcGis", ressaltou o promotor de Justiça Marcelo Caetano Vacchiano.

De acordo com o edital, o processo seletivo ocorrerá mediante avaliações da  inscrição e de títulos.

O prazo para inscrição termina no dia 23 de maio. Interessados devem acessar o site da Univemat - clique AQUI.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 120.

O requisito básico exigido para participação da seleção é diploma de graduação em curso superior reconhecido pelo MEC: Bacharelado ou Licenciatura em Geografia, Bacharelado ou Licenciatura em Biologia, Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Engenharia Ambiental.

 Com carga horária semanal de 40 horas, a remuneração mensal do Analista de Meio Ambiente é de R$ 7.003,16.

Acordo

O processo seletivo visa ao cumprimento do acordo firmado com o Ministério Público Estadual (MPE-MT) para regularização ambiental dos imóveis rurais do Estado.

 O acordo foi firmado após a Operação Polygonum, realizada pela Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) e MPE, que apontou a existência de 595 Cadastros Ambientais Rurais considerados suspeitos.

Todos foram reanalisados pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

Foto:Alair Ribeiro /Midia News
Fonte:Midia News

   
       
 
24/05/2019 - Suíços adotam lojas de lixo zero
24/05/2019 - Como limpar nossos rios?
23/05/2019 - Estado americano de Washington legaliza a compostagem humana como alternativa à cremação ou enterro
23/05/2019 - Mata Atlântica tem o menor desmatamento em três décadas
23/05/2019 - ONU lança desafio nas redes sociais e site especial para Dia Mundial do Meio Ambiente
23/05/2019 -  O óculos de sol feito com lixo plástico recolhido da praia
23/05/2019 - Tratamento de esgoto doméstico com plantas é alternativa para evitar poluição dos rios
23/05/2019 - Florianópolis planeja ser a primeira cidade “Lixo Zero” do Brasil
21/05/2019 - Brasil atinge 10 mil empresas de energia solar e cerca de 20 mil empregos

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados