O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
Cresce a infraestrutura de carga para veículos elétricos
Tamanho da letra

Em 2017, novos modelos de carros elétricos oferecerão uma linha de baterias capazes de autonomias entre 160 e 500 quilômetros por carga. Até 2020, as opções de veículos elétricos, incluindo o Volvo 40.2 e o Audi E-tron Quattro, elevarão a autonomia antes de uma nova recarga para acima de 500 quilômetros.  

Aumentos de infraestrutura de carga e opções de carga-rápida também estão a caminho.

Dependendo do tamanho da bateria e da velocidade do ponto de carga, carregar um carro elétrico pode levar entre 30 minutos e 12 horas.

Rede de Supercarga da Tesla pode carregar 50% de uma bateria em 30 minutos e a meta é reduzir este tempo para apenas 5 minutos.

Ambos os desenvolvimentos tentam baixar o ‘nível de ansiedade’, que é a maior barreira para que os consumidores dos EUA se rendam aos elétricos, de acordo com uma pesquisa de 2013.

Uma recente pesquisa do MIT demonstra que nos Estados Unidos o temor de se ficar sem bateria já é infundado.

Com base em uma análise dos padrões de direção dos EUA, o MIT concluiu que os carros elétricos podem substituir 87% das viagens feitas por carros a gasolina de propriedade individual, sendo que este número deve subir para 98%, até 2020, com os avanços na tecnologia das baterias

Entre 2015 e 2016, a Rede de Supercarga da Tesla cresceu de 1.349 para 2.386 estações nos EUA, e de zero para 1.524 estações na Europa.

Em 2016, existiam 100 mil estações de recarga na China, 72 mil na Europa e 42 mil nos EUA, de acordo com a Euromonitor International.

BMW, Volkswagen, Ford e Daimler também anunciaram planos de construção de 400 estações de carga ultra-rápida na Europa.

No caso da França, as Olimpíadas devem catalisar as mudanças: escolhida para sediar o evento de 2024, Paris deve chegar até lá sem veículos particulares com motores de combustão.

  Entre outras alternativas, há os veículos elétricos – o presidente Macron sinalizou várias vezes que vai apoiá-los

Fonte: Climainfo

   
       
 
24/05/2019 - Suíços adotam lojas de lixo zero
24/05/2019 - Como limpar nossos rios?
23/05/2019 - Estado americano de Washington legaliza a compostagem humana como alternativa à cremação ou enterro
23/05/2019 - Mata Atlântica tem o menor desmatamento em três décadas
23/05/2019 - ONU lança desafio nas redes sociais e site especial para Dia Mundial do Meio Ambiente
23/05/2019 -  O óculos de sol feito com lixo plástico recolhido da praia
23/05/2019 - Tratamento de esgoto doméstico com plantas é alternativa para evitar poluição dos rios
23/05/2019 - Florianópolis planeja ser a primeira cidade “Lixo Zero” do Brasil
21/05/2019 - Brasil atinge 10 mil empresas de energia solar e cerca de 20 mil empregos

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados