O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
Uma semana de alimentos orgânicos reduz níveis de pesticidas no corpo
Tamanho da letra

Níveis diminuíram em 60,5% após apenas 6 dias de alimentação totalmente orgânica.

Um novo estudo revela que em apenas uma semana ingerindo alimentos orgânicos já é possível constatar uma diminuição drástica nos níveis de de pesticidas em adultos e crianças.

Publicada na revista Environmental Research, a pesquisa mostra que, em média, os níveis de pesticidas diminuíram em 60,5% após apenas seis dias de alimentação totalmente orgânica.

O estudo encontrou reduções significativas em pesticidas que têm sido associados com aumento do risco de autismo, câncer, distúrbios autoimunes, infertilidade, disrupção hormonal e doenças de Alzheimer e Parkinson.

Os declínios mais significativos envolveram organofosforados, uma classe de pesticidas altamente neurotóxicos ligados a danos cerebrais em crianças: o estudo descobriu uma queda de 95% nos níveis de malatião e uma redução de quase dois terços em clorpirifós.

Os organofosfatos são tão tóxicos para o desenvolvimento de cérebros de crianças que os cientistas recomendam uma proibição total.

“Todos nós temos o direito a alimentos isentos de pesticidas tóxicos. Os agricultores e trabalhadores rurais que cultivam a comida da nossa nação e as comunidades rurais em que vivem têm o direito de não serem expostos a produtos químicos ligados ao câncer, ao autismo e à infertilidade. E a maneira como cultivamos alimentos deve proteger, e não prejudicar, nosso meio ambiente. Precisamos urgentemente de nossos líderes eleitos para apoiar nossos agricultores na disponibilização de alimentos orgânicos saudáveis ​​para todos”, afirmou o co-autor Kendra Klein, PhD, cientista sênior da equipe da Amigos da Terra.

Pesquisa

O estudo testou a urina de quatro famílias americanas diferentes em Oakland, Minneapolis, Atlanta e Baltimore.

Primeiro foi analisado o “resultado” de seis de alimentação convencional, fazendo uso de produtos com agrotóxicos, depois de uma dieta controlada onde havia somente alimentos orgânicos disponíveis, também por seis dias.

As principais conclusões do estudo incluem:

61% de queda no clorpirifós, um pesticida neurotóxico conhecido por danificar os cérebros em desenvolvimento das crianças.

A exposição está associada ao aumento do risco de autismo, dificuldades de aprendizagem, TDAH e perda de QI.

Queda de 95% no malatião, outro pesticida organofosfato neurotóxico e um provável carcinógeno humano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Queda de 83% na clotianidina, um pesticida neonicotinóide.

Os neonicotinóides estão associados à desregulação endócrina e mudanças no comportamento e atenção, incluindo uma associação com o transtorno do espectro do autismo.

Os neonicotinóides também são os principais responsáveis ​​pelas enormes perdas de polinizadores e insetos, levando os cientistas a alertar para uma “segunda nascente silenciosa”.

43-57% de queda nos piretroides, uma classe de pesticidas associada à desregulação endócrina e efeitos adversos no desenvolvimento neurológico, imunológico e reprodutivo.

37% de queda no 2,4-D, um dos dois ingredientes do Agente Laranja. O 2,4-D está entre os cinco principais pesticidas mais comumente usados ​​nos EUA e está associado a desregulação endócrina, distúrbios da tireoide, aumento do risco de linfoma de Parkinson e não-Hodgkin, toxicidade para o desenvolvimento e reprodutiva e outros problemas de saúde.

“Este importante estudo mostra a rapidez com que podemos livrar nossos corpos de pesticidas tóxicos, escolhendo orgânicos”, disse Sharyle Patton, co-autor do estudo.

“Parabéns para as famílias que participaram do estudo e sua disposição de contar suas histórias em apoio à criação de um sistema alimentar em que o orgânico esteja disponível para todos.”

Fonte: CicloVivo

   
       
 
28/02/2019 - Aparições de baleias sem cauda têm preocupado cientistas
28/02/2019 - Alimentação em risco devido à perda de biodiversidade
28/02/2019 - Uma semana de alimentos orgânicos reduz níveis de pesticidas no corpo
28/02/2019 - Ministro do meio ambiente quer poder anular multas do Ibama
28/02/2019 - Pets em condomínios
28/02/2019 - 10 Jardins verticais que cabem em qualquer espaço
28/02/2019 - Produto para diminuir agrotóxicos em plantações de milho
28/02/2019 -  5 produtos do dia a dia que são uma ameaça para o ambiente e a saúde
28/02/2019 - Carne cultivada em laboratório pode ser mais prejudicial ao Meio Ambiente

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados