O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notícias
População pode colaborar para evitar queda de árvores
Tamanho da letra


rvores caram em Joo Pessoa

De acordo com o diretor de controle ambiental da Semam, Anderson Fontes, o órgão realiza podas programadas nas principais vias da Capital

Cinco árvores caíram durante a madrugada, no último dia (26) em João Pessoa.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente (Semam), uma das formas de prevenções conta com a participação da sociedade.

De acordo com o diretor de controle ambiental da Semam, Anderson Fontes, o órgão realiza podas programadas nas principais vias da Capital, porém, é necessário que a população fique atenta nas outras localidades.

O número para contato com a Semam é 3264-1680.

“A prefeitura tem atendido essa sistemática. Nesses pontos que caíram as árvores, foram periféricos, não estavam na poda programada. Nesses casos, o cidadão teria que informar à Semam. A gente já sabe os pontos onde tem árvores vulneráveis, os pontuais a gente não tem como saber. A população tem como mandar. Se notou qualquer diferença pode acionar a Semam”, explicou.

Ainda de acordo com Anderson, João Pessoa é a capital com menor incidência de queda de árvores no Brasil. Segundo ele, são aproximadamente 300 mil árvores na cidade e a média de queda é de 30 a 40 árvores por ano. Nessa terça (26), as árvores caíram nos bairros de José Américo, Torre, Mandacaru, Ipês e Bancários.

O que é a poda programada

Uma das formas de prevenção adotadas pela Semam é a poda programada.

Anderson explicou que durante todo o ano, a secretaria adota um calendário e visita os principais corredores de João Pessoa.

A ideia é monitorar e podar as árvores que possam apresentar riscos para a sociedade.

A outra ação é executada pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb).

Neste caso, é necessário que a população provoque a Semam.

A secretaria enviará um técnico ao local e caso seja necessária uma poda de risco, o órgão acionará a Sedurb para a execução do serviço.

“Se você que sua árvore está morrendo ou perceber qualquer alteração nela, procure a Semam, que iremos mandar uma pessoa capacitada lá. Se necessário for, a gente realizará a poda, mas apenas a poda de risco. É importante ter esta participação da sociedade”, finalizou.

Foto:Assuero Lima / Jornal CORREIO
Fonte:Portal Correio

   
       
 
26/06/2019 - 'Faça parte da biorrevolução hoje', conclamam os criadores de embalagem biodegradável
30/05/2019 - Servida de veneno! 31 novos agrotóxicos acabam de ser liberados
24/05/2019 - Suíços adotam lojas de lixo zero
24/05/2019 - Como limpar nossos rios?
23/05/2019 - Estado americano de Washington legaliza a compostagem humana como alternativa à cremação ou enterro
23/05/2019 - Mata Atlântica tem o menor desmatamento em três décadas
23/05/2019 - ONU lança desafio nas redes sociais e site especial para Dia Mundial do Meio Ambiente
23/05/2019 -  O óculos de sol feito com lixo plástico recolhido da praia
23/05/2019 - Tratamento de esgoto doméstico com plantas é alternativa para evitar poluição dos rios

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados