O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

  Pagina Inicial Tradutor Cursos Artigos Vídeos Fotos Calendário Ecológico Eventos Quem somos Contato  

 

Notcias
Quatro dos 13 presidenciveis no tm propostas sobre meio ambiente nos planos de governo
Tamanho da letra

Quatro candidatos à Presidência da República não apresentaram propostas sobre o meio ambiente em seus programas de governo.

São eles: Cabo Daciolo (Patriota), Jair Bolsonaro (PSL), José Maria Eymael (DC) e Vera Lúcia (Pstu).

Desses, Bolsonaro e Eymael mencionam o tema no documento registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas sem definir medidas a serem tomadas em um possível governo.

Todos os demais candidatos que concorrem ao cargo sugeriram propostas para melhorar e preservar o meio ambiente.

Entre os tópicos mais citados estão saneamento básico, desmatamento e gestão dos recursos hídricos.

Em agosto, o meio ambiente foi tema de 5.518 publicações em redes sociais, com 56.361 interações.

Os dados são da Stilingue, ferramenta de monitoramento de conversas em redes sociais, que mostra também que o tema teve mais menções negativas (61,4%) do que positivas (3,4%) entre os dias 1º e 31 de agosto.

Os outros 35,1% das referências são neutras.

Ainda no mês de agosto, Alvaro Dias (Podemos), Guilherme Boulos (Psol) e Marina Silva (Rede) se destacaram como os candidatos que mais publicaram sobre o assunto.

Veja o que dizem os candidatos sobre meio ambiente em seus programas:

Alvaro Dias (veja o programa completo aqui)

O programa de governo de Alvaro Dias afirma que o meio-ambiente não pode ser negligenciado e promete desenvolver tecnologias para auxiliar na preservação.

Além disso, entre as sete metas, o candidato do Podemos cita o descarte de resíduos sólidos e o saneamento básico.

Na questão dos recursos hídricos, Alvaro Dias propõe uma meta denominada “Água Verde”, porém o candidato não explica em que consistiria.

Cabo Daciolo (veja o programa completo aqui)

O candidato do Patriota, Cabo Daciolo, não tem propostas para o meio ambiente em seu programa de governo.

Ele nem sequer cita o tema.

Ciro Gomes (veja o programa completo aqui)

O candidato Ciro Gomes dividiu seu programa de governo em 12 tópicos, e o terceiro é “Desenvolvimento e Meio Ambiente”.

O candidato propõe, por exemplo, operacionalizar as ações para implementar as metas climáticas e de redução da emissão dos gases de estufa.

Além disso, Ciro destaca a tragédia de Mariana, afirmando que é necessária atenção especial aos impactos ambientais das ações extrativistas.

O programa do candidato propõe o investimento em energias renováveis – como biocombustíveis, biomassa e energias hidráulica, solar e eólica.

Entre as propostas do candidato do PDT também estão o investimento em saneamento básico, no abastecimento de água, na coleta e no tratamento de esgoto, além da implementação das Unidades de Conservação já criadas e a proteção de animais.

José Maria Eymael (veja o programa completo aqui)

O programa de governo de Eymael é uma carta com 27 tópicos.

No 15º, ele fala sobre a importância de proteger o meio ambiente e assegurar o direito de usufruir a natureza sem agredi-la.

Mas não há propostas específicas para o meio ambiente neste tópico.

O tema só aparece em outros itens, com propostas amplas – como na proposta de incentivo à construção civil, que prevê políticas de desenvolvimento urbano e saneamento básico.

Fernando Haddad (veja o programa completo aqui)

O programa de governo de Fernando Haddad traz a bandeira de uma “economia de baixo impacto ambiental e alto valor agregado”.

O candidato do PT propõe introduzir uma agenda estratégica de transição ecológica e sugere a criação de uma reforma fiscal verde, que visa aumentar o custo da poluição e premiar o investimento em iniciativas de baixo carbono.

Além disso, Haddad colocou como meta zerar a emissão dos gases do efeito estufa da matriz elétrica brasileira até 2050 e ampliar a infraestrutura de oferta de tratamento de água e saneamento básico.

O documento do petista defende o desmatamento zero e promete alcançar a meta até 2022.

Outra proposta é a retomada da implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), visando a eliminação de lixões e o cumprimento das metas de reciclagem no país.

O candidato também se compromete a construir políticas públicas nacionais de proteção e defesa dos animais.

Geraldo Alckmin (veja o programa completo aqui)

O programa de governo de Geraldo Alckmin disponível no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se compromete apenas com o cumprimento das metas assumidas no Acordo de Paris e propõe priorizar o desenvolvimento de políticas voltadas a energias renováveis para o Norte e o Nordeste.

O candidato do PSDB, contudo, disponibilizou um novo documento, com propostas para diversas áreas – uma delas é o meio ambiente.

Nesse relatório, Alckmin planeja ampliar a fiscalização para diminuir o desmatamento ilegal, incentivar e fortalecer a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e estimular a economia de baixo carbono. Fala ainda da conservação da biodiversidade, do solo e da água.

Guilherme Boulos (veja o programa completo aqui)

Boulos tem um programa de governo com 19 tópicos – o décimo traz propostas sobre terra, território e meio ambiente.

Entre as metas estabelecidas estão o desmatamento zero e a proteção de águas e sistemas hídricos.

Também aparecem o cumprimento das metas estabelecidas pelo Acordo de Paris e a não construção de mais usinas hidroelétricas.

Outra proposta está relacionada ao lixo: Boulos quer ampliar a destinação de resíduos a aterros sanitários – encerrando lixões – e universalizar o serviço de saneamento.

Henrique Meirelles (veja o programa completo aqui)

Meirelles propõe a criação de programas que reduzam o desmatamento da Amazônia e defende a recuperação de nascentes, a revitalização do rio São Francisco, o cumprimento do Acordo de Paris e a  proteção de áreas marinhas.

O candidato ainda destaca a necessidade de investimento em energias renováveis e a redução do desmatamento.

Jair Bolsonaro (veja o programa completo aqui)

O candidato Jair Bolsonaro do PSL propõe, em seu programa de governo, que os recursos naturais e o meio ambiente rural deve ser parte de uma nova estrutura de agricultura, assim como o Desenvolvimento Rural Sustentável.

O candidato não tem propostas para a área.

João Amoêdo (veja o programa completo aqui)

A responsabilidade com as futuras gerações é uma das 10 bandeiras defendidas por Amoêdo no programa de governo.

O foco é a sustentabilidade.

A longo prazo, o candidato defende a universalização do saneamento, a conciliação entre conservação ambiental e desenvolvimento agrícola e a eliminação do desmatamento ilegal.

Amoêdo também propõe o fim dos lixões e a ampliação da energia renovável na matriz energética.

  João Goulart Filho (veja o programa completo aqui)

João Goulart Filho destaca a questão do meio ambiente no 11º dos 20 tópicos que compõem seu programa de governo.

O candidato do PPL propõe rever o Código Florestal,  aumentar a multa e a pena para crimes ambientais e garantir o fim dos lixões.

Além disso, destaca a importância de garantir a universalização da coleta e o tratamento de esgoto e fortalecer a transição para combustíveis menos poluentes. 

Marina Silva (veja o programa completo aqui)

O programa de governo da candidata da Rede lista diversas propostas ligadas ao meio ambiente, como a universalização do saneamento básico e a necessidade de investimento em pesquisas para a redução das emissões de gases de efeito estufa.

Marina fala também sobre a recuperação de nascentes e propõe políticas de redução, reutilização e reciclagem dos resíduos sólidos.

Vera Lúcia (veja o programa completo aqui)

A candidata do PSTU não tem propostas para o meio ambiente em seu plano de governo.

Ela apenas cita a necessidade de resolver o déficit de saneamento básico.

Fonte: Agência Lupa

   
       
 
16/10/2018 -  Cientistas alertam que recuperao da biodiversidade poder demorar milhes de anos
15/10/2018 - Governo pede e Justia amplia devastao no Pantanal
14/10/2018 - Mitos e verdades sobre carros eltricos
14/10/2018 - Brasileira de 16 anos cria canudo biodegradvel com material baratinho
13/10/2018 - Lei que probe distribuio de animais vivos como brindes sancionada em Joinville (SC)
13/10/2018 - Cidade do Mxico afunda de 8 a 12 centmetros por ano, segundo universidade
13/10/2018 - ONU pretende criar at 2020 um tratado para proteo do alto-mar
12/10/2018 -  Movimento de retorno natureza inspira projeto educacional
12/10/2018 - Novo governo vai decidir o destino do maior capital natural do mundo

 

     
Notícias | Tradutor | Cursos | Artigos | Vídeos | Fotos | Calendário Ecológico | Eventos | Quem Somos | Contato
© Copyright 2011 Meio Ambiente News - Todos os direitos reservados